Open City visita espaço de co-working e recebe Dimenstein

Educação, Inovação, Tecnologia e Comunicação. É sobre esses pilares que os estudantes do programa Open City mergulharam nas primeiras atividades de 2013. Após dois encontros onde foram estimulados a elaborarem um novo
projeto, os alunos receberam o primeiro convidado e fizeram a primeira visita do ano.

Ponto de Contato

Ponto de Contato

Para descobrir como as empresas “start-ups” têm estimulado a criatividade e
economizado nos custos, a turma foi visitar o Ponto de Contato, espaço de co-
working. Nessa tendência de trabalho, empresas pequenas dividem o mesmo
espaço de funcionamento e, ao mesmo tempo, enriquecem a rede de contatos e a
troca de ideias. “As visitas são boas para ambos os lados; é também importante
mantermos nosso espaço sempre aberto”, explicou Fernanda Nudelman, uma das
proprietárias.

Gilberto Dimenstein

Gilberto Dimenstein

Na aula seguinte, no próprio Band, o jornalista e empreendedor social Gilberto Dimenstein contou um pouco da sua experiência e estimulou a pesquisa e produção de textos por parte dos estudantes. Dimenstein é o fundador do Open City, conceito criado por ele em sua passagem pela Universidade de Harvard e MIT (Massachusetts Institute of Technology) – em 2011, essa parceria de estendeu ao Band.

“O Open City deve ser um espaço que estimula a criatividade, o engajamento e a busca de soluções simples para a comunidade e a cidade”, disse aos estudantes. “Todos vocês poderão também se transformar em repórteres comunitários, levando reportagens sobre soluções da cidade para o site Catraca Livre ou mesmo o site Open City”, sugeriu.

Nos próximos encontros, mais empreendedores e estudos de casos servirão de inspiração para o projeto próprio e ampliarão a rede de contatos do grupo do Open City 2103. No ano passado, os estudantes do programa conceberam e desenvolveram o TEDxColégioBandeirantes, com o tema “educação e inovação”.

Confira as fotos da visita dos alunos do Open City no Ponto de Contato.