Gilberto Dimenstein discute projeto do Open City

Por Alexia Finkelstein, do Open City.

Na terça-feira (12) os alunos do grupo Open City receberam o prestigiado jornalista e empreendedor Gilberto Dimenstein criado do site Catraca Livre e um dos idealizadores do próprio Open City..

Este ano, os estudantes do primeiro ano do Ensino Médio estão desenvolvendo uma plataforma gratuita de crowdsourcing que ofereça ao usuário dicas de passeios e rotas alternativas ou pouco conhecidas da cidade de São Paulo.

Após ouvir uma breve apresentação sobre o projeto e seus objetivos, feita pelos próprios alunos do grupo, Gilberto Dimenstein fez algumas perguntas e sugestões para os estudantes. O jornalista mostrou-se impressionando com a ousadia do projeto.

“Ao utilizar a plataforma, o usuário estaria demonstrando uma atitude perante a vida na qual se deixa maravilhar com algo evidente, que sempre esteve ‘na cara’ das pessoas. O usuário seria alguém aberto para o normal, com uma atitude curiosa”, resumiu Gilberto Dimenstein.

Com essa fala, o jornalista ajudou o grupo a perceber que o que buscam é “abrir a mente das pessoas para encontrar coisas ao acaso”. O fato da plataforma ser interativa sugere que os usuários estariam descobrindo e compartilhando as novidades da cidade, que passa a ser um ponto de descoberta.

Gilberto Dimenstein contou diversas histórias pessoais, comprovando que é necessário se abrir para o novo na cidade para assim sair da rotina maçante que a maioria da população sustenta.

Ao fim do encontro, o jornalista deixou a turma inteira inspirada com a profundidade recém percebida do seu próprio projeto. Ficou claro que a plataforma será um guia dos prazeres e do acaso, uma rede social da surpresa. Mais do que isso, ela colocará as cidades na posição de  incubadoras sociais, capazes de expor as pessoas que por elas passam a tudo que é o mais inusitado. Em suma o conceito do projeto é o de ensinar as pessoas a se relacionar melhor com a cidade onde vivemos.