Empreendedor Wolfgang Menke visita Open City

Imagine uma rua cujas casas sejam voltadas ao trabalho coletivo e assim, aproxime os moradores e vizinhos. É essa a visão que fez com que o empreendedor Wolfgang Menke largasse a carreira na publicidade e começasse a querer transformar as relações comunitárias do bairro de Pinheiros, em São Paulo.

8b738c16c82cbe0d7fab2631a3f08da6

Ele esteve em pela semana de provas num encontro do Open City, programa voltado à inovação, empreendedorismo e cidadania.  Conversou com os alunos presentes sobre como o empreendedorismo está relacionado com o sonho de cada um.  “O Wolf tem um perfil modernos de se preocupar com o negócio e a cidadania ao mesmo tempo, com o mesmo peso. E tem sido muito bem sucedido nisso”, avaliou Alexandre Sayad, professor e jornalista do Open City.

dbb01134734b2aa9c6f3ed17a132d503O primeiro passo do empresário foi adquirir uma casa na R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto que, após reformada, virou um espaço de coworking e troca de aprendizados, chamado “House of Work”.

O negócio deu tão certo que em dois anos, em parceria com grandes marcas, adquiriu a casa vizinha criou a primeira cozinha comunitária da América Latina, a “House of Food”.  Nela, “chefs” renomados e iniciantes algum o espaço para experiências gastronômicas e ainda vendem suas criações em um balcão virado direto para a rua.

O último investimento de Wolfgang,  a ser inaugurado ainda em abril,  é a “House of Learning”, numa nova casa adquirida na mesma rua. Trata-se de um pequeno anfiteatro totalmente adaptável próprio para aulas, cursos e palestras.

“Realizo festas e ações junto com toda a comunidade e percebi como o engajamento aumentou quando comecei a ocupar a rua com meus negócios. O próximo passo é abrir casas em Cambridge (EUA) e Paris (França) no ano que vem, consolidando uma parceria que estou fazendo com uma grande marca”, contou.

Open City visita Catraca Livre

O grupo de trinta alunos do programa Open City visitou o a redação do site Catraca Livre, além de conhecer mais sobre a vocação artística do bairro paulistano da Vila Madalena. Durante a visita, conversaram com o jornalista e empreendedor Gilberto Dimenstein.

IMG_0086

O programa Open City tem Dimenstein com um de seus idealizadores e é uma parceria do Bandeirantes com a Universidade de Harvard e MIT (Massachusetts Institute of Technology).

IMG_0074“Mergulharmos durante o ano no tripé empreendedorismo, tecnologia e comunidade. O Catraca Livre e o Dimenstein agregam isso tudo com foco na inovação. No decorrer dos meses, o grupo criará um projeto próprio e lançará um protótipo no fim do ano”, resumiu o jornalista Alexandre Sayad, também coordenador do programa.

O jornalista Gilberto Dimenstein contou um pouco de sua carreira  e por que resolveu criar o Catraca Livre. “ A ideia do Catraca é que a educação está intimamente ligada à comunidade. Nosso objetivo é que cada notícia que publicamos tenha o poder de “empoderar” o leitor, mudar verdadeiramente a vida dele”, disse.

Os alunos do Open City começarão a escrever para o um espaço exclusivo dentro do site Catraca Livre.

IMG_0082

Apos a visita, o grupo seguiu para explorar becos de graffitti e a galeria de arte contemporânea Choque Cultural, que divide uma casa com o Catraca. “Não houve uma transformação na cidade que não começasse com um “boom“ artístico, seja Grécia, Roma, Firenze etc. Em São Paulo não é diferente”, concluiu Dimenstein.